Salou, Barcelona e PortAventura

março 29, 2015

A Rita voltou de uma boa semana em Espanha!


Mas vamos falar mesmo da viagem, nem sei por onde começar, mas talvez pelo inicio: a viagem para Salou, que foi de autocarro. Parecia interminável, e foi. Enquanto outros autocarros demoraram 15 horas o meu demorou 19 horinhas, nada demais portanto. Começou mal, e com mau tempo, infelizmente parece que os finalistas de 2015 sofreram de um feitiço temporal qualquer ... tudo contra nós. Mas isso não nos parava ... achávamos nós.
A verdade é que com mau tempo no dia seguinte as atividades tiveram que ser adiadas/alteradas de sítio o que fez uma certa confusão, na realidade só se estava bem num sítio: jacuzzi interior.
Fomos a Barcelona a meio da semana e eu andei tanto de metro, percorri a cidade de metro. Embora não possa ter entrado em nada, quer por tempo, quer por dinheiro, adorei as coisas que vi: Sagrada Família, La Pedrera, Parque Guell, Casa Batló, Praça de Cataluña, Ramblas e Camp Nou. Se puder lá voltarei, se não puder aconselho a ir quem ainda não foi. Em termos de arquitectura é uma cidade tão linda (não tão bonita como a bela Lisboa, mas isso deve ser impossível), e até mesmo na periferia nos bairros mais pobres as casas são bonitas em tijolo, adorei. E o metro que aparentemente é confuso com as suas 12 linhas é bastante fácil ... a única coisa má é que ao contrário de Lisboa, ao mudar de linha paga-se mais uma viagem. Este é o maior ponto a favor desta viagem: a possibilidade de uma ida a uma das cidades mais faladas do mundo. Nem toda a gente aproveitou, sabem que o sono e a ressaca dão nisso.
De seguida mais um dia no resort, ao acordar tarde, ao estar na conversa apanhávamos as festas no fim, com muita pena minha.
No último dia fui ao PortAventura. Havia muita coisa onde eu queria andar, nomeadamente Shambala, Hurakan Condor e Furius Baco, as unicas em que eu não andei: a primeira como é a montanha-russa mais alta da Europa estava sempre a parar por causa do vento e saia uma "carruagem" de 2 em 2 horas quase, a segunda devido também ao vento andava muito devagar (salvo seja que aquela descida não era nada devagar não é) e então tinha filas enormes como já tinha andado numa coisa do género em Sevilha deixei para trás, e por fim o último estava simplesmente fechado. Andei na montanha-russa mais rápida da Europa, andei em outras tantas, andei em tantas coisas, em coisas de água que proporcionaram uma grande molha. Adorei o parque.
E por fim viemos embora. Limpar a casinha, arrumar as coisinhas, e adeus Salou. Foi bom enquanto durou, mas eu não voltava, vou ter saudades, mas fiquei desapontada.
Acho que filmam para o teaser a hora do dia que é movimentada, o resto é um pouco morto. As festas da noite também faltou certas coisas que estavam prometidas. A megafinalistas não tem culpa, mas sim a organização das festas.
Por falar em festas, as noites no Pacha eram mesmo boas, gostei muito, tirando duas: a terceira de Verão onde prometeram espuma e espuma nem vê-la e a quarta que era a Hard On, supostamente a festa mais "pesada" ... desculpem mas só posso atribuir esse adjetivo a 30 minutos da festa. De resto adorei a primeira festa, adorei a segunda e adorei a última: Battle Royale.
A Rebel Village para mim foi bom, mas a melhor semana da minha vida talvez não, mas foi muito diferente? Sim. Aconselho a ir? Óbvio que sim: tem o melhor conceito de viagens de finalistas, e os problemas que eu tive em conjunto com o mau tempo e eu ao ter feito aquilo que realmente queria dentro do Resort podem ter sido fatores para essa minha opinião.
Obrigada rebeldes.

You Might Also Like

2 comentários

  1. A minha viagem de finalistas também foi em Salou, incluindo a ida ao Portaventura, tal como a barcelona! Adorei, voltava lá de certeza :)

    ResponderEliminar
  2. Não foi este ano.. foi há três anos. Bem, estou a ficar velha! :P

    ResponderEliminar